Avançar para o conteúdo principal

Magical Unicorn Party #3 O Bolo!

Olá mamãs e papás!

Depois de uma tragédia que nos abalou a todos e de contribuirmos como podemos, seja em pensamento, monetariamente, voluntariado, como não importa, apenas que todas as vítimas estão no nosso pensamento e cada um ajuda como pode e deseja. Gostaria ainda de enviar os meus sinceros sentimentos a todos os familiares das vítimas e desejar-lhes muita força neste momento tão difícil. 



E como a tristeza não nos pode deitar abaixo, é a recordar momentos felizes que volto aqui a escrever. Hoje com o segundo elemento principal da festa de aniversário da Clarinha, (sim porque o primeira é a minha pequenina, claro!)... o Bolo!


A mamã com a ajuda da amiga Cristina, lá fizemos nós o bolo, posso dizer-vos que não houve apenas uma tentativa e que a minhoquinhas adoraram a primeira fornada. Mas com persistência conseguimos um bolo super giro, colorido e sobretudo mágico, saudável(?) hummm não muito mas festa é festa, e como sempre vos digo o importante não é não haver um excesso, nunca, mas sim escolher as ocasiões festivas para o fazer e sempre com contenção, claro!

O bolo tinha 5 camadas coloridas (usei os corantes Dr. Oetker), recheio de natas vegetais (ia usar creme de coco mas estava um pouco calor e não quis arriscar) e no topo do bolo um mágico unicórnio modelado pelas mãos mágicas da Cristina, a flutuar nas nuvens de algodão doce da Tiger.


Não ficou maravilhoso? O bolo não ficou super fofinho mas foi porque destruímos as bolhas de ar ao misturar o corante... ainda estou a aprender!!!

E o que falta? A receita do bolo... estava delicioso e muito molhadinho por causa dos ingredientes especiais, polpa de abacaxi e leite de coco!!

Vamos lá então!

Bolo mágico de abacaxi
(a partir 1 ano)

Ingredientes:
(para 1 bolo)
*3 ovos * 1 cháv. de açúcar amarelo/mascavado (também podem usar açúcar de coco) *1/2 cháv de abacaxi triturado em polpa  *1/2 cháv de leite de coco (lata) *1/2 cháv de óleo de amendoim *2 chav de farinha (podem usar metade para bolos e completar com farinha de aveia, arroz, espelta...) *1 c. chá de fermento em pó *1/2 c. chá de bicarbonato de sódio

Preparação:
*Comece por separar os ovos e bater as gemas com o açúcar, até obter uma massa homogénea;
*Adicione o abacaxi, o leite de coco e o óleo, volte a misturar tudo;
*Aos poucos envolva a(s) farinha(s) peneirada(s);
*Senão forem dividir a massa (como eu fiz) podem acrescentar neste momento o corante para o bolo não perder o ar;
*Entretanto bata as claras em castelo e envolva-as na mistura do bolo com leveza;
*Por fim adicione o fermento e o bicarbonato, envolva ligeiramente;
*Leve ao forno pré-aquecido a 180º, numa forma revestida com papel vegetal;
*Deixe cozinhar durante 20 a 30 min ou até o bolo estar cozido (teste do palito);
*Deixe arrefecer na forma.

E cá está! Um bolo delicioso que também levamos para a festinha na creche, não usamos corante, usamos metade do açúcar e por cima molho de leite de coco (o mesmo leite de coco da receita mas aquecido).


 Atenção! Perguntem sempre sobre alergias ou intolerâncias alimentares que possam existir na escola.

Beijinhos da Cláudia e da Clarinha 

Comentários

mensagens mais lidas

ao domingo não apetece cozinhar!

Olá mamãs e papás!
Nós antes de sermos mães já éramos gente e às vezes há momentos em que simplesmente não apetece!!!
Não nos podemos recriminar por isso, damos tudo de nós sempre e isso é o mais importante. Se não apetece fazer um prato super elaborado para domingo à noite, nada como fazer uma refeição ligeira mas muito nutritiva!
Comece por sopa, rica em vitaminas e minerais, devido à sua quantidade em legumes de cores variadas e com os tradicionais hidratos de carbono da batata ou da batata doce, por exemplo.
Depois falta-nos a proteína, como não podia deixar de ser, vamos buscar a melhor. O ovo é o alimento composto pela proteína de mais alto valor biológico, nada como coze-lo ou confecciona-lo de outra forma mas sempre sem adição de gordura.
Ainda nos falta uma gordura saudável! Nada como uma colher de chá de azeite na sopa para enriquecer nutricionalmente a refeição.
No final, uma sobremesa também nutritiva e colorida como a fruta, idealmente devemos usar a fruta da época, por ser …

O Crescimento e o Percentil

Olá mamãs e papás!
Nós papás já ouvimos falar variadíssimas vezes sobre o Percentil (P) do nosso filho, mas será que entendemos o seu significado? No boletim de saúde infantil e juvenil encontrámos uns gráficos de cor azul ou rosa dependendo do género do nosso bebé, estes chamam-se curvas de crescimento infantil e são um indicador importante para acompanhar a evolução do peso e do comprimento do nosso bebé.
Durante os primeiros 12 meses de vida o bebé, em média, triplica o seu peso e o seu comprimento aumenta para o dobro, relativamente ao seu nascimento.
Desde 2013 que Portugal adoptou as recentes curvas de crescimento da Organização Mundial de Saúde (OMS), mais próximas da realidade da nossa população.
No boletim de saúde infantil e juvenil, na página 8, temos o gráfico abaixo. No eixo/linha horizontal temos a idade em meses e anos e no eixo/linha vertical temos o peso em quilogramas. As linhas curvas indicam o P, no final de cada uma há um número que o enumera, de baixo para cima,…

estou a provar novos alimentos! #o meu primeiro iogurte

Olá papás! Este post é para os bebés mais pequeninos que estão a provar novos alimentos ou vão começar em breve!
O ano passado falei-vos do iogurte de eleição para a Clarinha, aqui, hoje venho marcar mais uma vez essa opinião, se quiserem introduzir o iogurte mais cedo do que os 9 meses, o iogurte ideal é este:

Agora com nova cara, mas o mesmo equilíbrio nutricional, "o teu primeiro pingo doce" é um iogurte que pode ser introduzido a partir dos 6 meses porque a sua base é leite de transição (leite adaptado às necessidade do bebé) e não tem açúcares adicionados, ponto muito importante para os bebés!
Experimentem!
Beijinhos da Cláudia e da Clarinha