26 de março de 2015

O Chocolate!

Dia 26 de Março | Dia do Chocolate


Para comemorar este dia docinho vou falar-vos um pouco sobre este alimento.
O chocolate é feito a partir do cacau e pode ser dividido em três tipos gerais:

Chocolate negro: é um chocolate amargo e surge da mistura da massa do cacau e açúcar. Quando com mais de 70% cacau e sem adição de açúcares torna-se um "super alimento" que podemos comer todos os dias em pequenas quantidades.

Chocolate de leite: é menos saudável e mais rico em açúcar, surge da mistura de leite e açúcar com a massa de cacau. Este é o tipo de chocolate mais encontrado nos bombons e outros doces com chocolate.

Chocolate branco: o menos saudável e o que devemos comer menos vezes. Não tem as propriedades antioxidantes do cacau porque não o tem na sua composição, uma vez que surge da mistura do leite e açúcar com manteiga de cacau e não com a massa de cacau.

E os pequenos podem comer chocolate?


A partir dos 12 meses de idade podemos começar a incluir o cacau na alimentação do nosso bebé. E até já existem papas com este sabor das marcas Babybio e Nutribén.


Babybio Farinha Não-láctea de Cacau
Ingredientes: farinha de arroz, farinha de quinoa, cacau magro em pó, extrato de baunilha, tiamina (vitamina B1)

Nutribén Farinha Láctea de Cacau com Bolacha Maria
Ingredientes: trigo, amido, leite desnatado, açúcar, proteínas de leite, cacau em pó, bolacha maria, gordura vegetal, minerais, vitaminas e baunilha

Relativamente a todos os outros produtos açucarados, como os chocolates, a sua introdução pode acontecer depois dos 2-3 anos... mas ATENÇÃO só em ocasiões festivas e em pequenas quantidades.

beijinhos da Cláudia e da Clarinha

Pózinhos Mágicos

"Vamos tirar o sal da nossa alimentação porque faz mal!" sim, é um dos passos para uma alimentação mais equilibrada... nós não precisamos de adicionar sal aos alimentos, porque em natureza eles já têm o sódio que nós precisamos diariamente.

"Mas não conseguimos comer comida sem sabor!" isso não precisa de acontecer quando podemos usar ervas aromáticas e especiarias... e os bebés também podem comer? quando? 

Relativamente a algumas ervas aromáticas os bebés podem comer logo a partir dos 5-6 meses de idade, na sopa como um legume, por exemplo.

Já sobre as especiarias não há consenso... 6 meses... só depois dos 12 meses... várias são as opiniões.
Vamos lá falar um bocadinho sobre esses pozinhos mágicos.

Em muitos países, os bebés não começam pela sopinha só de legumes, sem nenhum tempero ou pelo arroz branquinho, por exemplo na Índia, adicionam o caril desde de cedo à papinha do bebé... e claro! não nos vamos esquecer que se o nosso bebé for amamentado ele já está a experimentar ervas e especiarias, porque os sabores são transferidos para o leite...

Então como decidimos? Eu aponto para os 8 meses de idade, mas ATENÇÃO só depois do bebé já estar familiarizado com o sabor dos alimentos em natureza, depois podemos acrescentar uma especiaria como um alimento novo... seguindo a regra dos 3 dias. lembram-se? devemos esperar esses dias até inserir um alimento novo para verificar se o bebé não faz alergia!

E quais podemos usar? aqui deixo-vos alguns exemplos:

*usar quantidades pequenas, devido ao sabor intenso

Atenção! ao usar o caril em pó ou mesmo a pimenta em pó alguns componentes podem originar erupção cutânea, é necessário estarmos atentas e comprar especiarias de confiança.
Além disso, as ervas e especiarias devem ser cozinhadas com os alimentos de forma a permitir a eliminação de microrganismos.

Bónus! ao introduzir as ervas e especiarias desde cedo um dia vai pensar: "Que máximo, ainda não usamos sal ou açúcar nos alimentos do nosso filho!"

A Clarinha já experimentou a canela na maçã cozida :D e aceitou muito bem!


beijinhos da Cláudia e da Clarinha

18 de março de 2015

11 meses... como passa rápido!

A Clarinha já tem 11 meses… nem acredito! Passou tão rápido… e falta apenas um mesinho para o primeiro aniversário da nossa patinha… 


Durante este mês a Clarinha começou a andar muito bem pela mão e até já se equilibra em pé por alguns segundos… era tão giro que já andasse no aniversário…!

E daqui a nada a Clarinha já pode comer de tudo… já começa a usar a colher, mesmo quando não leva nada à boca! Mais uma fase deliciosa…

Ahhh e finalmente o primeiro dentinho apareceu... estamos maravilhados!

Beijinhos da Cláudia e da Clarinha

12 de março de 2015

10 meses... o que muda? as leguminosas e a soja...

Olá mamãs e papás!

Aos 10 meses a alimentação dos nossos pequenos está cada vez mais próxima da nossa... já falei aqui dos legumes crus, como uma saladinha de alface ou pepino, mas não se esqueçam que têm de ser bem lavados!

Hoje vou falar-vos das leguminosas... são muitas e coloridas! Existe uma grande variedade de leguminosas e podemos colocá-las na sopa ou simplesmente num pratinho... a Clarinha já experimentou as duas versões, gostou das ervilhas na sopa, mas vê-la a comer à mão cada uma daquelas ervilhinhas, usando os seus deditos delicados é um momento a recordar!


Deixo-vos a sopinha com ervilhas, um creme de cenoura com bolinhas verdes! Na panela a vapor, deixo todos os ingredientes cozerem com o vapor e cozo as ervilhas na água a ferver debaixo, assim fica mais simples cozinhar :D

As leguminosas têm na sua composição vários nutrientes: proteínas, hidratos de carbono, vitaminas e minerais, mas também fibra, o que dificulta a digestão pelos nossos bebés, tal não quer dizer que não podem introduzir na sua alimentação... basta ter alguns cuidados... dar pequenas quantidades e poucas vezes por semana (uma a duas vezes).

Agora vamos falar um pouco da soja e seus derivados (tofu e tempeh) que muitos adultos já os usam como substitutos da carne. Já na alimentação dos mais pequeninos não defendo que seja um bom substituto. A carne na alimentação dos bebés é uma fonte de proteína, mas também de ferro, este ferro é facilmente absorvido pelo organismo dos pequenos, ao contrário do ferro presente na soja e nas leguminosas.

Assim, podemos introduzir a soja e derivados na alimentação dos bebés a partir dos 10 meses, mas não como substituto da carne e sim como uma leguminosa... e lembrem-se que tal como mencionei acima, a soja também é de difícil digestibilidade, logo dar poucas vezes e em pequenas quantidades... estando sempre atentos à reação do vosso filhote!

Beijinhos da Cláudia e da Clarinha

7 de março de 2015

A Sopa da Princesa Sofia

Olá mamãs e papás! 
Hoje uma sopa com uma cor pouco convencional, mas que vai fazer as delícias das meninas!

A Sopa da Princesa Sofia 


Ingredientes:


1/4 couve roxa; 2 batatas médias; 1 beringela; 1/2 cebola; 2 mãos de couve-flor.

*o segredo desta sopa é a couve roxa e a intensidade da cor depende da quantidade que adicionamos à sopa... a batata pode ser trocada por massa, arroz ou até quinoa!

Conhecem alguma personagem para os meninos?

beijinhos da Cláudia e da Clarinha 

6 de março de 2015

A sopa da Fiona e do Shrek

Olá mamãs e papás!

Este é um post para todos os pequenotes que ainda "torcem o nariz" à sopa... existem várias formas de incentivar os nossos filhos a provar novos alimentos ou a aceitá-los mais facilmente. Aqui vou falar-vos de uma forma gira que pode ser criada entre pais e filhos!

A minha dica é associar um alimento, neste caso, a sopa à personagem favorita dos pequenos... a Clarinha ainda não tem preferências mas eu faço sempre estas sopas personalizadas!

A Sopa da Fiona e do Shrek


Ingredientes (4 a 5 doses):


2 batatas médias; 2 mãos de feijão-verde; 6 ramos de brócolos; 1 alho francês pequeno; 1/2 curgete.

*o segredo está em usar legumes brancos e verdes... depois é só adicionar o peixe ou a carne ou a gema e também podemos juntar ervilhas ou favas...

a próxima sopa terá uma cor que as meninas adoram...

beijinhos da Cláudia e da Clarinha 

3 de março de 2015

O presente do meu papá!

O Dia do Pai está cada vez mais próximo e chegou o momento de começar a pensar num presente especial... afinal é o primeiro dia do pai do papá da Clarinha!

Como adoro presentes personalizados deixo-vos algumas dicas muito giras e fáceis de fazer...


Uma montagem com fotografias fica super giro e o papá de certeza que vai adorar!


Ou então uma fotografia com um toque de originalidade ;-)

E que tal um trabalho manual...


Deixo-vos o link da imagem 1 (http://www.joybobo.com/2013/08/salt-dough-footprint-heart.html) para verem como é simples...
Estas ideias são tão fofinhas que dá vontade de fazer todas! 
E um porta-chaves ou uma caneca personalizados... até pode ser cliché mas com um toque de originalidade conseguem ser super criativos!

E vocês já pensaram na prendinha?

Beijinhos da Cláudia e da Clarinha