Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2014

um jantar de natal para os bebés!

hoje véspera de Natal quero vos deixar uma dica...
durante a ceia de Natal os nosso bebés não precisam de ficar à parte... 

a Clarinha vai ter um pratinho como este... batata e cenoura em palitos cozidas num ponto sem desfazer e peixinho desfiado... antes come a sopinha e depois janta em família! uma forma simples de integrar os nossos filhotes mais pequenos na ceia de natal...

os citrinos... aos 6, aos 8 ou aos 12?

a laranja, a toranja, a tangerina, a clementina, o limão e a lima são os frutos mais conhecidos da família dos citrinos, uma alimento rico em vitamina C e caracterizado pela sua acidez...
mas não é o ácido cítrico a causa da alergia a este fruto, mas sim algumas proteínas e substâncias específicas nele presentes e é esta a razão para atrasar a sua introdução na alimentação dos bebés...
...no entanto, a altura certa para a sua introdução não é de todo consensual... recuando no tempo, quando nós eramos bebés muitas vezes comemos a banana amassada com bolacha maria e sumo de laranja ainda antes dos 6 meses de idade e, atualmente, alguns profissionais de saúde recomendam a sua introdução após os 12 meses.
recorrendo a uma expressão antiga... "nem 8 nem 80", na minha opinião podemos oferecer os citrinos aos nossos bebés a partir dos 8 meses... o nosso bebé com esta idade já está mais desenvolvido e mais resistente ao ambiente e aos alimentos. No caso de haver história familiar …

pratos e pratinhos! #rabanadas no forno

Ingredientes: 1 pão cacete (cerca de 18 fatias) 600 mL de leite magro 4 c. sopa de açúcar amarelo 1 c. sopa de canela 4 folhas de laranjeira/raspas de laranja 1 pitada de sal 4 ovos papel vegetal azeite para untar
Calda: 300 mL de água 60g açúcar amarelo 2 paus de canela 1 cálice de vinho do porto
1) aqueça o forno a 250ºC; 2) ferva o leite com o açúcar, a canela, o sal e as folhas de laranjeira; 3) corte o pão em fatias com 2 cm de espessura e molhe cada uma delas no leite quente, sem ensopar; 4) prepare o tabuleiro com papel vegetal e unte com azeite (camada finíssima); 5) passe cada uma das fatias no ovo bem batido e coloque no tabuleiro; 6) leve ao forno a 180ºC, cerca de 20 minutos de cada lado, até ficarem douradas; 7) coloque no prato e regue com a calda (misturar todos os ingredientes, levar ao lume e deixar ferver durante 15 minutos).
p.s. se quiserem conhecer mais receitas deixo-vos um e-book com algumas sugestões!
Feliz Natal



o primeiro Natal da Clarinha!

pé ante pé o Natal chega a nossa casa.. a árvore está feita e o presépio em andamento... afinal o menino Jesus só chega no dia 25! 

e hoje fizemos algo especial para embelezar ainda mais o nosso pinheirinho! algo simples para fazer com os nossos filhotes... uma forma de tornar a árvore mais pessoal...

com o kit de Natal da Baby Art, do qual fazem parte uma bola vermelha, uma caneta e tinta douradas... fizemos juntas algo muito simples... pintei a mãozinha da Clarinha (tinta apropriada para bebés) e marquei na bola... depois foi só personalizar... escrevi o nome da C por baixo e a frase "a princesa da casa" em cima...
...ficou muito gira...
se quiserem fazer em casa sem comprar o kit deixo-vos outra ideia...

um enfeite feito a partir de massa de pão de sal... também pode ser de gesso, mas demora muito a secar e não temos sempre disponível em casa, ao contrário dos ingredientes da massa de pão de sal que são apenas três... farinha, sal e água...
deixo-vos o link com todos os …

papaia e mamão... ou até mesmo abacate!

já aqui vos falei das frutas que podemos introduzir na alimentação dos nossos pequeninos desde os 4-6 meses, além das nossas frutas, a maçã, a pêra e a banana, os frutos tropicais também estão incluídos.
a Clarinha já provou a manga, um fruto tropical super docinho, adorou e come frequentemente... o mamão, a papaia e até o abacate não têm um sabor muito atrativo, são pouco doces, mas não deixam de ser frutas nutritivas.
a minha bebé já provou o mamão...

primeiro esmaguei o mamão cru e ofereci à C, a reação foi muito engraçada... fez logo cara feia... ofereci várias colheres mas a C não gostou mesmo...
solução... misturei metade de uma banana a outra metade da quantidade do mamão... e a Clarinha "papou" tudo...
esta mistura pode ser usada tanto com o mamão como com os outros dois frutos e além da banana podemos utilizar a maçã ou a pêra cozinhadas...
posteriormente vou falar-vos de outros frutos... os citrinos... sabem que não podem ser introduzidos desde os 4-6 meses, mas q…

1, 2, 3... tantos vegetais!

ao longo de dois meses e meio, desde a primeira sopa, que a Clarinha já experimentou vários legumes e para me ajudar nada como uma check-list... 

o último foi a couve de bruxelas, como tem um sabor forte utilizei cinco couves na sopa, que dá para quatro refeições, e duas cenouras pequenas para ajudarem a adoçar a sopa, assim o sabor não foi tão forte mas continuou característico das couves de bruxelas.
aqui vai a listinha se quiserem usar!
num post anterior já mencionei os vegetais a deixar de lado até aos 12 meses, mas como nunca é demais reforçar... eles são: beterraba, espinafres, nabo, nabiça, aipo e o tomate (fruto).
as leguminosas vou falar mais tarde mas aponto já que pode ser introduzidas por volta dos 9-10 meses!
beijinhos da Cláudia e da Clarinha

açorda de peixe e vegetais

Ingredientes:
15g peixe (pescada)
1 ou 2 brócolos
5 rodelas de alho-francês
1 alho picadinho
100mL água
1 pão
1 c. chá azeite

Utensílios:
Caçarola
Colher
Prato bebé

1) Coza, antecipadamente, na água, o peixe, os brócolos, o alho-francês e o alho. Retire da água e deixe à parte.

2) No caldo de cozedura anterior adicionar o pão aos pedaços e deixe cozer em lume brando, mexendo.

3) Adicione ao pão o peixe em pedacinhos, sem espinhas e peles.

4) No final, adicione os vegetais esmagados, misture tudo e coloque na taça do bebé. Termine com uma colher de chá de azeite.
Dificuldade: * (fácil)
--------------

a Clarinha já come como gente grande!

esta semana a C já começou a comer como "gente grande"... o que eu quero dizer é que além do almoço e do lanche, agora já come sopinha e fruta ao jantar, o que é normal por volta dos 7 meses!


a rotina alimentar da minha pequenina agora é mais parecida com a nossa...
Pequeno-almoço: Leite MaternoAlmoço: Açorda de Peixe e VegetaisLanche: Papa de ArrozJantar: Sopa de Coelho e VegetaisCeia: Leite Materno

este foi o menu do dia de ontem... e como podem ver há um pratinho novo... a açorda... assim o dia alimentar da C fica mais variado. além da açorda também vou experimentar a farinha de pau, risotto e até massa... depois vou postando aqui as receitas! 
beijinhos da Cláudia e da Clarinha




Yoga para bebés!

desde da minha gravidez da Clarinha que queria escolher uma atividade perfeita e estimulante para os bebés mais pequenos, para a C começar desde cedo...
pensei na natação mas a logística não é a mais fácil, as piscinas públicas não facilitam a frequência pelos bebés. o decorrer da aula é totalmente possível, mas o depois é que me preocupa, o banho de um bebé de colo, vestir em cima dos bancos de balneário... em fim não será fácil, mas nada como experimentar...

mas antes, fomos experimentar uns exercícios de yoga... numa visita à Maternal, uma loja super gira de roupa para criança, na zona onde vivo... a professora do estúdio Just Yoga, estava lá a receber futuras mamãs, bebés e crianças... experimentamos vários exercícios todos acompanhados por uma música a combinar com cada um deles... soube a pouco mas aquele momento entre mãe e filha foi delicioso!
no final descobri um novo gosto da C... bolas de sabão... a professora começou a fazê-las perto da Clarinha e a reação foi inesperada..…

a carne... um alimento rico em ferro

a partir dos 6 meses a carne deve fazer parte da sopa dos bebés, por ser um alimento rico em proteínas e ferro. o ferro é necessário para a formação dos novos tecidos... e como com meio ano o leite do bebé não fornece a quantidade necessária este mineral e as reservas do bebé já se esgotaram... a carne precisa de entrar em ação!
primeiro começamos por acrescentar à sopa 10-20g de carne, aumentando gradualmente até chegar aos 30g por dia... a partir dos 7 meses, quando o bebé já fizer almoço e jantar, dividimos a dose... 15g em cada refeição.
existem dois tipos de carne: a branca e a vermelha... o nosso bebé deve começar pelas carnes brancas, porque são as mais saudáveis e não contêm tantas gorduras más... 

existem quatro animais de carne branca... frango, perú, coelho e avestruz... a Clarinha já experimentou os três primeiros... a avestruz, é uma proteína mais rara de encontrar, quem tiver curiosidade pode experimentar!
a carne vermelha é uma proteína menos saudável devido à gordura …

um domingo natalício!

nada como um domingo cheio de novidades... um brunch com as amigas, numa cafetaria muito original, e depois dar uma voltinha num mercado que veio visitar o norte... curiosos?
para a Clarinha foi um dia cansativo, mas estes dias de inverno e a época natalícia pedem uns passeios mais originais deixando de lado os centros comerciais e o sofá da sala, e nós adorámos!
primeiro passámos o início da tarde n'A Loja dos Pastéis de Chaves em Braga, logo que chegámos pedi para reaquecerem a sopa da C, as funcionárias foram umas queridas e muito prestáveis... depois do almoço da C foi altura do brunch da mamã... e o ambiente até permitiu que a minha pequenota dormisse a sesta.

depois rumámos ao Porto, para aproveitarmos o Mercadito da Carlota que veio visitar o norte, tinha muitas marcas nacionais de coisinhas super fofinhas para os pequenos e para as mamãs também! claro que não resisti, quem resiste?... e trouxémos para casa roupinha da D.O.T. perfeita para o Natal e acessórios da Chica Mel…